terça-feira, fevereiro 09, 2010

Apelo de Deus

Tinha chamado a família toda para assistir ao que ele chamava o Apelo de Deus.
Concentrou-se.
A noite transbordava com a sua negra luz todos os recantos da sala.
O silencio imperava.
Da testa de uma das tias brotava uma gota de suor a qual se apressou a secar para não interromper esse momento dito solene.
Ouviu-se o miar de um felino ao longe. Silêncio. Parou.
Concentrou-se.
Um primo pigarreou e pediu perdão, silenciando-se de imediato.
Concentrou-se.
Recordou tudo da sua já longa vida numa breve fracção de segundo. Uma lágrima escorreu pela sua face.
Limpou-a.
Abanou a cabeça e tornou a concentrar-se.
Não se lembrava de ter tido uma decisão tão importante na sua vida. Despira-se de roupas e preconceitos, apenas restando a roupa interior e o orgulho.
Sempre o maldito orgulho!
Sentiu o cheiro da roupa lavada.
Odiou-se a ele próprio, por não conseguir concentrar-se devidamente.
Correctamente.
Inspirou fundo.
Expirou.
Buscou o seu equilíbrio interior.
Sentia-se preparado.
Começou.
Primeiro levemente, depois com toda a força da sua alma.
Apenas em roupa interior e cheio de fé.
Com a sua mão esquerda começou a despir-se tendo um Callipo de limão na direita enquanto sissiava uma música tirolesa.
Cada vez mais forte.
Tão forte que os dentes tremiam.


Apenas recordava vagamente uma linda camisa.
Pena que as mangas fossem agarradas à frente.
Não dava grande mobilidade.
Agora, na sua nova casa na Rua Júlio de Matos ria loucamente.
Deus tinha razão.
Limão em gelado é muito ácido.

2 comentários:

A Senhora disse...

Qualquer limão é muito ácido! :)

Laura disse...

Olá, tenho uma amiga meia depressiva, que tal passares por lá e dar animo á pariga? é do blgog da adrianna, podes entrar pelo meu e tem lá o link dela, eu faço de enfermeira, pouco tem adiantado e assim; quem sabe a pariga fica melhor e com vontade de voltar a brincadeira!...pode? beijinho..se quiseres senão, não e pronto..mas, agradecia...laura..