quinta-feira, agosto 27, 2009

A dádiva da sereia



A dádiva da sereia

(...)
E foi aí que a viu pela primeira vez.
Cabelos compridos, negros do azul mais profundo que o mar possui, pele branca como coral e uma face mais bela do que qualquer das suas mirabolantes criações.
Trazia-lhe uma lembrança.
Uma lembrança das profundezas.
Uma bela e gigantesca pérola azul, bela como nada que tivera visto até hoje!
Depois chamou-o.
E ele foi.
Entrou na água dando-lhe a mão e foram para longe levado sempre por ela, cada vez mais para baixo.
Foi aí que se percebeu que aquela visão que o deixou de imediato agarrado pela paixão louca e insana, era, afinal, parte mulher, parte criatura do mar.
A última coisa que se recordou de ver, foi uma concha enorme que brilhava no meio do azul profundo.
(...)

Óleo em tela de Ana Garrett
Medida: 1,60 x 0,33
Excerto de conto de Paulo Roderick

29 comentários:

Natacha disse...

Já tinha saudades, das telas, e dos contos...

Assustadoramente belo.

Um beijo

Ferrockxia disse...

legal a descrição dos fatos

A Senhora disse...

Essas sereias com seus cantos e encantos... sempre levando os homens para o fundo. :))

Linda a tela!

Bom retorno!

beijinhos

Conversa Inútil de Roderick disse...

Pois, Natacha.
Gosto do lado negro do Belo!
Enfim...
Se bem que o quadro está "suave", neste caso, a meu ver!

Conversa Inútil de Roderick disse...

Obrigado, Ferrockxia

Conversa Inútil de Roderick disse...

É, Senhora!
As sereias são terriveis, já dizia Ulisses!!!!

Teté disse...

E o Ulisses estava coberto de razão, que as sereias só ajudam um homem a afundar... :)))

Beijocas!

Conversa Inútil de Roderick disse...

Mas para remédio disso, Teté, nada como fazer como o Ulisses! Ignorar as sereias e ficar agarrado ao... pau! ahahahah
Do mastro, claro!!!

Zé do Cão disse...

E eu fui sempre um sonhador e andeia sempre atrás das minhas sereias.
Na maior parte das vezes as sereias nãp assavam duns xixirros, com sabor a fénico.

Um abraço

Conversa Inútil de Roderick disse...

Pois é Zé do Cão!
Não é todos os dias que se encontra uma sereia com sabor a dourada... escalada!
Uiii, são as melhores!
ahahahh

Maria Soledade disse...

OH ROD, que é lá isto? Ambos a falarmos de sereias?!A laura diz que coincidências só quando Ele assina por baixo!Será que assinou?!Huuummm...Duvido que tivesse ali uma caneta!...

Bem, até que eu não me importava que um sereio me levasse até às profundezas desde que trouxesse de novo à tona?!...

Está lindo como sempre, e o quadro da Ana bom,é da... Ana!!

Beijinhos

.: Juliana :. disse...

Sim amigo, sem nenhuma vontade. Venho aqui, pois adoro ler os comentários e fazer amizades, mas às vezes dá vontade de excluir a conta.

Bom final de semana.

=***

Gata Verde disse...

Que dupla perfeita!!
Um lindo conto ilustrado!!
;)

beijos

Conversa Inútil de Roderick disse...

Maria soledade, também costumo dizer o mesmo. Não há coincidencias

Conversa Inútil de Roderick disse...

July, já sabes se é menina?

Conversa Inútil de Roderick disse...

Gata, dupla perfeita! Que exagero!

Natacha disse...

Pensava que as férias tinham terminado...

Espero que esteja tudo bem ;)

Beijinho

Conversa Inútil de Roderick disse...

Natacha, Terminaram, é verdade, mas como a Ana está fora quase não tenho tempo de vir ao PC. E durante o dia é praticamente impossível, já que nem tenho tempo para respirar com tanto trabalho para fazer!
Beijocas.
Mas vou voltar em força brevemente! Verás!

Fern. disse...

Ver em pleno século XXI um delirio sobre sereias é como um imenso dèja-vu criativo!
Bom estar aqui :)

Beijos!

carla mar disse...

ando a ler-te, moço :)

beijos

c

Conversa Inútil de Roderick disse...

Fern., nada como um delirio de quando em vez, não é?

Conversa Inútil de Roderick disse...

Carla Mar, andas a ler-me????
E em que parte do corpo vais?

Laura disse...

Ai que ia lendo o conto e nem reparei que tem um quadro a exemplificar..Lindo, tu devias ser escritor e tens o emprego errado, ó rapaz, muda enquanto é tempo e ainda tens tempo...vá lá...
Um abraço e faz favor de se lembrar da nina das resteas, as férias acabaram anteontem ou na foi? para todos...beijinhos.

Parisiense disse...

Também estiveste de férias..:)
Espero que tenham sido boas.

Beijokitas

Chellot disse...

Uma lindo presente da princesa dos mares. Um conto que encanta e nos faz suspirar. A pintura em perfeita sintonia com suas palavras.

Beijos doces.

Conversa Inútil de Roderick disse...

Laurinha, a vontade tem sido nenhuma! E tenho tido imenso que fazer. A Ana quase não tem estado este mês e isto de Pai "solteiro" tem que se diga. Até ao fim de Setembro vai ser assim!

Conversa Inútil de Roderick disse...

Parisiense, tive e já estou a necessitar de outras!!!!!!!

Conversa Inútil de Roderick disse...

Obrigado bruxinha chellot. Beijinhos

Rosie Dunne disse...

fantástico, como sempre! (: