segunda-feira, julho 27, 2009

A princesa e o sapo encantado


(...)

...desde criança que se sentia uma princesa.
Como todas as meninas sonhava encontrar o seu príncipe encantado.
Naquele dia, vestida de habitante das terras do Minho, encontrou-o.
Um pequeno batráquio que se encontrava no canavial próximo de sua casa.
Sem que ninguém o soubesse, levou-o e cuidou dele.
Os anos passaram.
Ela cresceu e manteve-se uma princesa.
Ele... não passou de sapo encantado...

(...)

A Princesa e o Sapo Encantado
Óleo em tela de Ana Garrett
0,50 x 0,70
Excerto de conto de Paulo Roderick

36 comentários:

Natacha disse...

E assim se desmistificam os sonhos das princesas... (risos)
Ainda bem que nunca sonhei em ser uma...

Beijos

Claudinha ੴ disse...

Olá Paul e Anna! Estou gostando desta interação poema/tela.
Gosto muito da técnica de Ana para o fundo, parecem rochas ígneas verdadeiras.
Beijos aos três!

Laura disse...

Bom; a princesa sei que sou eu, o sapo esse devo tê-lo atropelado, algure spor ai e por isso é que até hoje ainda não o encontrei...palerma da nina laura, devia ver o caminho e por ond episava com mais atenção..e continuo a ser uma princesa esperando em vão pelo saparrão que não vem, enfim..lindo quadro, como sempre..beijinhos aos 3, e espero-vos em breve..laura..

Osvaldo disse...

Roderick;

Bela pintura da Ana Garret em que as cores são trabalhadas em constante movimento dando vida às personagens que são as próprias cores...

Quanto ao sapo,... bom, um sapo, é sempre um sapo e é melhor ficar sapo que virar automóvel!...

Um abraço, Roderick.
osvaldo

Conversa Inútil de Roderick disse...

Natacha, não me digas que preferias ser uma sapa!!!!!!!!!!
ahahahah

Conversa Inútil de Roderick disse...

Claudinha, beijocas amiga!

Conversa Inútil de Roderick disse...

Laura! Nhãããã, errrado!!!!
Neste quadro a princesa é a Ana, já que ela se retartou nos seus cinco anos de idade vestida de minhota!

Conversa Inútil de Roderick disse...

osvaldo, mas esses sapos automobilisticos eram bem giros!!

Teresa Durães disse...

coitado do sapo! pelo menos o ego dela não sofreu

Parisiense disse...

Isso é uma pintura?????Parece mesmo uma fotografia de tão perfeitinha que está a princesa.
Gostei muito da tela.....já da historia.....coitadinha da princesa, não conseguiu tranformar o sapo em principe....

Mas fico a espera que ela consiga um dia...ahahahah

Beijokitas

Laura disse...

Oh, ohhhhh, e eu a ver se era desta que tinha o m~e sapinho, mas,d eix alá, é que eu ainda sonho com ele, vestido de principe e tudo, nas ameias doc astelo, eu lá de cima e ele nos eu cavalo alado, a acenar-mos, porque o amor como sempre, era impossivel..ai a nina Ana é Minhota como a mim?...Que giro..é? beijinhos, laura

Natacha disse...

Nahh, apenas criança, apenas criança, roderick...

beijo

Drêycka disse...

Pois eu encontrei um sapo desses um tempo atrás. Dei tanto amor e carinho, mas não foram suficientes, tempo se passou e o sapo, sapo continuou a ser. Daí eu joguei sal e taquei ele no brejo denovo.

kkkkkk
Humor negro... hehehe

Olaa amigo! Eu sei q to sumida, + devagarzinho eu to voltando.

bjssss

Maria disse...

Que história liiiinda... Sempre achei que eu era uma princesa tb!!!

Incrível a combinação destas artes por aqui. Incrível!

Meu beijo

Conversa Inútil de Roderick disse...

Ou coitada dela que esperava um principe encantado, teresa!
;-)

Conversa Inútil de Roderick disse...

Parisiense. Ela baseou-se numa foto dela. Ficou muito idêntica. Hiper realismo, mesmo!

Conversa Inútil de Roderick disse...

Laura, sonhas com um sapo vestido de principe????
Sonhos estranhos esses, com batráquios!!!!
ahahahah

Conversa Inútil de Roderick disse...

Ah, Natacha, assustaste-me!
;-)

Conversa Inútil de Roderick disse...

Dreycka. Humor negro, mas pura realidade, não é?
Acontece muito!
O que não falta por aí... são sapos e sapas!
;-)

Conversa Inútil de Roderick disse...

Maria, todos as meninas, mulheres, moças, são princesas!
Umas mais, outras menos, mas nunca deixam de o ser!
Beijocas

vício disse...

e o sapo, alguma vez, aprendeu a montar um cavalo branco?

Rafeiro Perfumado disse...

Se bem que a princesa do quadro tem é idade para brincar com bonecas, não para andar a pensar em gaijos ou batráquios!

Conversa Inútil de Roderick disse...

Rafeiro, ela era uma menina da época de hoje, já!!! Começou cedo a pensar no futuro!!!
ehehehh

Conversa Inútil de Roderick disse...

Vício, por acaso até sabe montar, mas ficou para sempre um sapo!!!
Vá-se lá adivinhar estas coisas!
;-)

Daniel Costa disse...

Roderick

A bela tela, inspirou para uma prosa condizente, com tu sabes.

Por outro lado, a bela com o seu chapéu habita na Net.
Daniel

Kim disse...

E como todas as princesas ficam bem em qualquer tela esta não foge à regra.
A princesa é linda (fiz questão de clicar na foto) e o sapo não parece um daqueles que engolimos ao longo das nossa vidas.
Em grande, a Ana!

Maria Soledade disse...

AH,era a Laura, era a Laura...a princesinha... Minhota e tudo!!...Ela tem um canavial,não, um canavialzinho mesmo ao ladinho da casa dela e o sapo tava lá...eu vi...eu vi...tava todo vestido de verde e coachava...e a Laura guardou-o numa caixinha à espera que ele se transforme mas até agora tadito...não passa de um sapito!!Um dia, quem sabe?!...

A tela como sempre está...Linda!Gosto do olhar de candura da princesinha...

PUBLICA OS CONTOS...tanto hás-de levar nessa cabeça que um dia havemos de ver o Rod assim, na 1ª na 2ª na 3ª edição...e por aí fora...

Beijinhos p'ra todos voçês

Rosie Dunne disse...

ohh, tao querida esta historia / pintura!

Laura disse...

Rod, duas perguntas por hoje...a nina verdinha perguntou se sabes dançar também...é que como escreves, descreves, a muié pinta, e ela dança, se dança. perguntou se danças como o Rod Stewart....

Laura disse...

Rapaz, não me digas que nãos entiste as óórelhas a arder de sábado para Domingo e domingo até ao fim da trade...ela a Ana pinta, minha nossa, se pinta, que lindos quadros, que lindas pinturas, ai, sem dor de cotovelo, porque não invejo ninguém, adoraria, isso sim, saber pintar tão bem, mas, depois era o rod o nosso rod o meu Rod ahhhh a escrita do rod que podiam ser livros publicados, eu ja te falei mas nã me deste ouvidos, enfim..rapaz, olhás órelhas..beijinhos.

Conversa Inútil de Roderick disse...

Daniel, obrigado.

E é uma bela de que blog?
;-)

Conversa Inútil de Roderick disse...

Não, Kim, este é um dos sossegadinhos!
;-)

Conversa Inútil de Roderick disse...

Não, maria soledade, este conto não é sobre a Laura. A princesa é outra. É a que maneja os pincéis!

Isso de publicar tem muito que se lhe diga. Quem sabe, um dia, quem sabe!

Conversa Inútil de Roderick disse...

Rosie, obrigado

Conversa Inútil de Roderick disse...

Laura, sim, sei dançar... e também cantar. No meu tempo de jovem moço fui vocalista de uma banda.
E tinha algum sucesso. Underground, mas tinha!

Conversa Inútil de Roderick disse...

Não, Laura. No fim de semana passei-o no hospital. O meu bebé Sebastião teve uma gastrenterite e esteve a soro em risco de vida. Foi muito complicado! E a Ana nem estava cá nesse fim de semana! E nem chegou a saber a gravidade da situação. Só quando chegou e já estava tudo bem!